Resumo

Local: Patagônia Argertina e Chilena
Duração: 8 dias/ 7 Noites
Distância: Aproximadamente 334 quilômetros de pedaladas
Categoria de Viagem: Expedição MTB
Valor: U$ 1.590,00
Dificuldade Física:
Dificuldade Técnica:
Vagas: 10 vagas
Aéreo: Não Incluído

Percorreremos caminhos incríveis passando por bosques andinos patagônicos, selvas valdivianas, lagos, cascatas, vulcões, pequenos povoados e por paisagem montanhosa impressionante. Essas trilhas permitem apreciar uma série de ecossistemas, fauna e flora, lagos altos andinos assim como rios com aguas cristalinas e pastos de montanha. Além disso, vamos conhecer e degustar os sabores deliciosos da gastronomia local, cervejarias artesanais e os melhores vinhos sulamericanos reconhecidos como de excelência no mundo todo. Acomodação em excelentes hotéis de 03 ou 04 estrelas.

Programação

Dia 01

Recepção e chegada!

Receberemos o grupo no Aeroporto de Bariloche e realizaremos o transfer para o Hotel Desing Suites, com localização privilegiada fora do centro de Bariloche, onde você poderá desfrutar de um bom descanso, importante para esta semana de aventura.

Hospedagem: Hotel Desing Suítes Bariloche ☆ ☆ ☆ ☆

Dia 02

Boas-vindas a Patagônia

Pela manhã, realizaremos uma apresentação detalhada sobre a viagem, assim como uma conversa técnica sobre o nosso percurso dos próximos dias. Cada um experimentará sua bicicleta, fazendo uma saída curta para realizar os ajustes necessários. Poderemos com o nosso guia, realizar um pedal de aproximadamente 36 quilômetros de asfalto e estradas de terra, até chegarmos a um lugar maravilhoso para sermos recebidos com um drink de boas-vindas em nosso tradicional Happy Patagônia. Depois dessa tarde mágica, retornaremos de van ao nosso hotel para mais uma noite de merecido descanso. Os dias de expedição começarão amanhã!

Hospedagem: Hotel Desing Suítes Bariloche ☆ ☆ ☆ ☆

Descrição da atividade

36 km por caminho de asfalto, partindo de nosso hotel, em seguida por estradas de terra até o Cerro Catedral, Colonia Suiza e finalizando em um lugar absolutamente especial, a Cervejaria Patagônia.

Desnível: Partiremos de 774 (msnm), às margens do Lago Nahuel Huapi e atingiremos a 1.097 (msnm) em ponto próximo ao Cerro Catedral. Em seguida desceremos até as margens do Lago Perito Moreno. (Altimetria +561 – 513)

 

Dia 03

Paso del Córdoba até o coração dos Sete Lagos

Neste primeiro dia, faremos uma fantástica excursão cross-country entrando no Parque Nacional Lanín, com maravilhosas paisagens. O desafio começa desde o alto do Paso Del Córdoba, aonde chegaremos confortavelmente em nossos veículos. Há também a opção de se chegar pedalando ao Paso del Córdoba, mas o grupo precisará acordar muito cedo e suportar a dura subida até o mirador. A descida é alucinante, serpenteando por mágicas vistas na direção da cordilheira. Esta é a zona de transição entre a estepe patagônica e o bosque andino. A paisagem tipo faroeste é maravilhosa. Depois de fazer um piquenique nas margens do Rio Meliquina, num belo cantinho do bosque, teremos a opção de continuar de carro ou pedalar. A chegada a San Martin de los Andes, à tarde, não pode ser melhor – 10 km de descida em estrada asfaltada, com vista ao belíssimo lago Lácar. A cidade é um exclusivo e encantador destino de montanha, e porta de entrada à Região dos Lagos. Esta noite o jantar é livre – te aconselhamos conhecer San Martín, que possui uma excelente variedade de restaurantes e entretenimento, assim como uma belíssima arquitetura de montanha, que nos convida a caminhar por suas ruas e curtir seu exclusivo e acolhedor ambiente.

Hospedagem: Hotel y Cabañas Le Village ☆ ☆ ☆

Descrição da atividade

36 km por caminho de terra, do Paso Del Córdoba até o Rio Meliquina. Atividade Opcional: Pedalar 22 em com altimetria acumulada de 740 metros. Depois pedalar os 40 km, parte asfalto, parte terra, de Meliquina até San Martín, com uma subida longa seguida de uma descida longa.

Desnível: Subimos na van desde Confluencia (740 msnm) até o Paso Del Córdoba (1300 msnm). San Martín está a 680 msnm. (Altimetria: +232 -609)

Dia 04

A travessia da Cordilheira dos Andes pelo Paso Hua-Hum

O dia mais esperado! Cruzar a Cordilheira é uma experiência para a vida inteira. Uma sensação incomparável. Escolhemos esta passagem para poder curtir um caminho perfeito para o mountain bike, combinado com um belíssimo meio natural. Sairemos pedalando de San Martín, e ao entrar no caminho ao Chile teremos que superar uma subida muito dura, porém curta. Do ponto mais alto, a vista de San Martín é espetacular. Aqui começa um percurso cross-country por mágicos bosques, abaixo de um sem-fim de montanhas, no profundo do Parque Nacional Lanín. Pouco depois de cruzar ao Chile, uma excursão especial nos espera – subiremos na balsa do Lago Pirihueico, um remoto e belíssimo lago de altitude, encaixado nas verdes montanhas da cordilheira chilena. À tarde chegamos ao Puerto Fuy, um pequeno povoado na margem do Lago, onde subiremos em nossa van. Poderemos explorar a Reserva Huilo-Huilo, conhecendo as impressionantes cachoeiras de Huilo-Huilo, embaixo das sombras dos vulcões Mocho e Choshuenco. No Hotel eHuilo Huilo Marina del Fuy Lodge, localizado às margens do Lago Fuy, com as piscinas de águas aquecidas que nos esperam, o lugar ideal para relaxar e recuperar as energias.

Hotel: Huilo Huilo Marina del Fuy Lodge

Você terá uma noite inesquecível, curtindo seus confortáveis quartos, os banhos termais, piscinas cobertas e ao ar livre, massagens e spa, e também a deliciosa comida do lugar.

Descrição da atividade

58 km por caminhos de terra, com subida forte ao início, seguida de caminhos ondulantes de baixa dificuldade técnica.

Desnível 

Começamos a 680 msnm em San Martín. O paso Hua-Hum está a 659 msnm. (Altimetria +874 – 915)

Dia 05

Saindo de Puerto Fuy depois de nosso café da manhã, pedalaremos por uma estradinha local chamada de “A Rota do Javali” que liga a região de Los Ríos à região de Araucanía. Neste dia poderemos observar muito das atividades rurais e culturais dos Mapuche, que começam a aparecer em suas comunidades, à medida que vamos nos inserindo em seu território. Estamos à caminho da face sul da cordilheira El Mocho, que liga os Vulcões Villarica (Rukapillan) e Quetrupillan, formando um incrível acidente geográfico repleto de fontes termais. E é para lá que vamos, Coñaripe possui as mais famosas fontes termais do Chile, e no final desta tarde, seguiremos rumo às Termas Geométricas para nos deliciarmos em suas águas sulfurosas.

Descrição da atividade

56 km por caminhos de terra, com descida ao início, seguida de caminhos ondulantes de com uma boa subida a 15 quilômetros de nosso destin0. Baixa dificuldade técnica.

Hospedagem: Cabanas Locais

Desnível 

Começamos a 656 msnm em Puerto Fuy. Coñaripe está a 211 msnm. (Altimetria +868 -1253)

Dia 06

O Caminho Transvulcânico

Hoje viveremos outro dia especial, entrando em um setor do Parque Nacional Villarica que poucos turistas conhecem. Com nossos veículos, tomaremos um caminho de terra subindo pela passagem entre os vulcões Villarica e Quetrupillán. É possível também seguir de bicicleta, mas os aventureiros terão que acordar bem mais cedo para isso. Os veículos chegarão na entrada do parque nacional, onde começaremos a pedalar costa acima por um remoto e estreito caminho de terra. Ao subir acima dos 1000 msnm, entramos em um fascinante bosque de araucárias e lengas (árvores nativas). Essas árvores possuem a incrível resistência de suportar as lavas vulcânicas, e como os vulcões estão constantemente em atividade, são as espécies que habitam este território. A descida de mountain bike é pura adrenalina, culminando outro fantástico dia. Antes de chegar a Catripulli, poderemos visitar o Salto La China e talvez, nos aventurar na maior tirolesa da região.

Hospedagem: Cabanas Locais

Descrição da atividade

A pedalada começa com 7 kms de subida com inclinações muito fortes, por um caminho de terra. A descida de bicicleta, com dificuldade técnica média, é de 25 km.

Desnível

Começamos a pedalar a 860 msnm, chegando a 1280 msnm no ponto mais alto da trilha. Catripulli está a 378 msnm. (Altimetria +443 -902)

Caso o grupo opte por pedalar desde Coñaripe, há uma subida de 25 quilômetros com forte inclinação de +770 metros.

Dia 07

Os “Ojos del Caburgua”

Em nosso último dia de pedal, desfrutaremos de um dia muito especial por estradinhas rurais que nos levarão a Pucón. Sairemos pela “Rota do Leite” que margeia o Rio Trancura, onde são realizados os incríveis raftings, famosos nessa região. Seguindo pela rota, tomaremos um desvio para contemplar os mais impressionantes saltos de água de cor turquesa chamados de “Ojos del Caburgua”. Um impressionante espetáculo da natureza chilena. Em seguida, partiremos através de uma descida, para a cidade de Pucón, para finalizarmos o nosso dia de forma mágica. Há a possibilidade de realizar rafting neste dia. Para tanto, o grupo deverá nos solicitar com antecedência para prepararmos essa maravilhosa atividade. Nossa última noite em Pucón promete!

Hospedagem: Hotel Gerónimo ☆ ☆ ☆

Descrição da atividade

A pedalada de hoje é por um caminho de terra, com poucas variações altimétricas de relevância com predominância de descidas

Desnível

Começamos a pedalar a 378 metros msnm, chegando a 443 msnm no ponto mais alto da trilha. Terminaremos o nosso tour a 240 metros, em Pucón. . (Altimetria +304 -461)

Dia 08

Despedida e transfer ao aeroporto de Temuco

Depois de tomar o café da manhã no Hotel Gerónimo, podemos levar você até o aeroporto de Temuco. O transfer é de aproximadamente duas horas. Se você prefere ficar mais tempo no Chile, ou voltar para Argentina, com muito prazer ajudaremos com seus planos de viagem.

 

O que levar

1 Jaqueta corta vento 2 blusas segunda pele 1 blusa de frio para pedalar 2 calças compridas para bike 2 bermudas de bike 2 camiseta de bike 1 gorro ou bandana 1 toalha dry (Centauro ou Decathlon) 1 toalha para banho Roupas de Banho 3 pares de meia longa 1 lenço para proteger o rosto do vento Equipamento para fotografia e vídeo Farol para bike 1 saco estanque 1 Mochila de ataque Protetor solar 30 Protetor labial

Ficha Técnica

Check-in: Incluidos trasnfer IN/OUT a partir do Aeroporto Internacional de Bariloche/Temuco

Clima e Condições de Percurso: Clima ameno com temperaturas entre 08 e 16 graus, com possibilidades de chuvas ocasionais

Distância: Aproximadamente 334 quilômetros de pedaladas

O que está Incluso

Assistência técnica, Hospedagem em hotéis de 03 ou 04 estrelas e cabanas locais conforme programação por 08 noites, com café da manhã incluídos, alimentação durante os pedais sendo: hidratação, frutas frescas e lanches ou almoços regionais, todo o transporte terrestre, travessias em ferry boats, guias locais e guias brasileiros, trasnfer in (aeroporto de Bariloche/out aeroporto de Temuco).

O que não está Incluso

Deslocamento aéreo, bicicletas, bebidas alcoólicas, taxas de entradas no Parque Nacional, seguro viagem, jantares, refeições não descritas na programação e rafting. Suplemento para quarto single por U$ 50/ diária.

Possuímos Biclicletas para Aluguel
Bicicletas disponíveis para locação por U$ 40,00 - consultar modelos e tamanhos disponíveis. Disponível e-mtb hard trail.

Comunicado Importante

Somente são aceitos pelas autoridades internacionais dos países visitados os seguintes documentos: Passaporte válido ou RG emitido pela SSP do seus Estado com foto e condições de identificação muito conservados. RGs com mais de 10 anos de emissão não são aceitos sob hipótese alguma.

Investimento

U$1.590,00 Para pagamento em moeda nacional será utilizado o valor de conversão correspondente ao dólar turismo, acrescido de IOF.

Boleto ou transferência bancária, parcelado sem juros até a data da saída do tour.